quarta-feira, 4 de março de 2009

Peixeirada com molho a siciliana


Ontem, num tribunal do Norte (como eles gostam de dizer), houve azáfama, revolta e solidariedade.
Eu sou da opinião de que as pessoas sérias são para serem defendidas até ao último fôlego, mas... gratuitamente, ou querem-me dizer que aquela "mega" manif foi espontânea?
Bom, mas para aquilo estar tão bem organizado, têm de estar legais. Se estão legais, em princípio são (mais) facilmente identificáveis. Oh caramba, esqueci-me... eles só andam atrás dos ilegais e não dos legais que fazem arruaças.
Não há mais nada para fazer na vida?
Não se trabalha? Ou não se tenta arranjar emprego?! E que tal ser speaker num estádio azul, mas sem micro!?
Qualquer dia falto ao trabalho e vou para a porta do tribunal prestar a minha solidariedade ao senhor ex-chefe do Banco Português de Nada. Vou enxovalhar o representante dos clientes, que não confiaram na bondade do senhor ex-chefe, que teve a honestidade e coragem de tentar triplicar o dinheiro deles e como teve a infelicidade de não o conseguir, é condenado e a sua imagem fica gravemente lesada.
Tss, tss, tss... realmente só no nosso país.
Já dizia o outro: Porreiro, porreiro...é ir gritar para a frente de um tribunal em dia soalheiro.
Um dos protagonistas adoeceu e não foi a tribunal. Assim já pode preparar o discurso com base no que foi dito ontem.
Ah pois é... com papas e bolos, se enganam os tolos.
Como em tudo na vida, quando não ficamos satisfeitos com um serviço, mostramos o nosso desagrado. Aqui é igual: ela comeu, não gostou... reclamou. Mas por vezes dificultam a entrega do livro de reclamações, ou estas vão directamente para o arquivo morto... que é o que vai acontecer nesta situação (e quem me dera estar errado). Porque a justiça no alto do seu cadeirão almofadado, acomoda-se e ajeita o rabo.
De certeza que a Deco ou o programa Nós por Cá, tratava do assunto de forma mais rápida.

6 comentários:

editor69 disse...

Caro,
a culpa é do Rei D.Carlos e do seu filho...assassinados em 1908...
ainda hoje a culpa é deles...ou então de D.Manuel que morreu sufocado por um edema na glote...
e não devia...!
Bahhhh...mais esta corrupção toda...isto já mete é nojo!

Abraço

Sou de um Clube Lutador disse...

Caro Editor69,
Realmente este assunto já irrita, mete nojo e já devia ter sido resolvido.

Se calhar a culpa é dos Reis :)
Eu, se fosse da realeza, reclamava logo para minha posse o Castelo de S. Jorge para residência urbana, o Castelo de Almourol para residência de fim de semana e o Paço Ducal de Vila Viçosa para ir dormir umas sestas e tomar um chá de vez em quando. Obviamente que estes edifícios iriam sofrer alterações internas, muito ao nível do aquecimento e isolamento, mas quem pagaria estas obras de recuperação seriam os contribuinetes.
E deixava continuar a corrupção para entretenimento do povo :))
Seria uma nova versão de Roma, mas sem leões no coliseu.
Mas ao fim ao cabo, não seria novidade, pois é o que se passa hoje, mas em versão republicana.
Abraços
..

am disse...

No final absolvem-no e e ainda lhe dão uma medalha.
Não há vergonha.
Abraço

Sou de um Clube Lutador disse...

Caro AM,

No final ele vai ser a vítima. Nada se passou e foi tudo uma campanha de difamação, apesar das contradições nos discursos e com factos relevantes que são chutados para canto.

Abraços
..

editor69 disse...

Ah bom caro Lutador como bem o percebo em relaçao ao Castelo Sao Jorge...
mas olhe que se fosse eu...mandaria fechar a ala sul da muralha com marquise...por áquela altura os ventos vindo do rio são frios muito frios...
já em relação a Vila VIçosa alguma coisa teria de ser feita á fachada pois é pouco "rica" pró meu gosto...talvez mais dourados...talha dourada...muita...e pedras...muita pedraria brilhante...
já o de Almourol mandava abaixo e construia uma vivendaça modernaça cheia de janelas modernas e uma "pissina" com muito azulejo moderno...assim como Alvalidl...o dos betos...eheheheeheh...e claro a factura toda em nome dos contribuintes...ah bom!

Abraço.

Jotas disse...

As gentes do fcp ao seu melhor nível.
Aí está o mais retrato fiel do verdadeiro adepto do Porto.