quinta-feira, 16 de julho de 2009

Está muito melhor agora

Nem ia falar disto porque é um jogo de preparação e já tinha comentado esta situação, em jeito de brincadeira, no http://obelovoardaaguia.blogspot.com/ . No entanto após o almoço, vejo na última página do Decord, na parte dos medalhados, o seguinte comentário sobre o árbitro josé rodrigues, que teve direito a uma medalha de lata:
" o árbitro do fcporto-leixões assinalou uma grande penalidade inexistente. Sem consequências, o gesto não justifica grande reparo mas merece ser assinalado como a garantia de que nada vai mudar."
Mas que raio! Estes ardinas são videntes?
O que é que não vai mudar?
Vão continuar a não marcar grandes penalidades contra os andrades?
Será, hipoteticamente, que não vão mudar as atitudes dos jogadores das riscas em relação aos árbitros?
Ou os árbitros não vão mudar a conduta em relação a isso?
É que foi isso que não mudou.
Agora referirem que os árbitros não vão mudar no aspecto "profissional" e na credibilidade... já não me parece nada bem. Eles não o são (no geral)! Fazem parte de uma actividade suspeita onde só o presidente dos árbitros é que diz que AGORA já não existe corrupção! Antes (no tempo dele) havia, mas agora, nos tempos modernos... continua a haver.
Mas como mudar esta situação?
Realizam-se jogos sem árbitros? Havia de ser bonito!
Como está provado que é tarefa impossível arranjar pessoas credíveis, idóneas, sem descendência de clubes, árbitros e afins, para gerirem o futebol, proponho que se aumente o número de árbitros em campo.
Atentem:
- 4 fiscais de linha (um em cada meio-campo)
- 4 fiscais de baliza (dois em cada lado das balizas)
- 3 árbitros de campo (dois junto de cada área e um no centro do jogo)

Digam-me lá se não era uma boa solução?
A mim parece-me mais difícil corromper 11 pessoas do que apenas 3.
Assim o raul meio-reles, que é expressivo e muito dado ao social, tinha possibilidade de "abraçar" mais amiguinhos!

3 comentários:

águia_livre disse...

Não tenhamos ilusões que nada vai mudar.
Mesmo assim, confio que o Benfica, contra tudo e contra todos vai ser campeão.

Tenho essa fé

Saudações amigas
.

Carlos Machado Acabado disse...

A gente brinca, brinca mas é uma brincadeira bem amarga!...
Como dizem os britânicos: "the joke is on US!"
Este problema da arbitragem (que não pode, aliás, dissociar-se do modelo 'escolhido' nas últimas décadas pelo futebol português---capturado, como ninguém ignora, por uma rede camorrenta com interesses e agentes em vários âmbitos da vida nacional, do municipal ao judicial e, pelos vistos e ouvidos, também no especificamente judiciário e que o mantém solidamente refém dos seus interesses particulares); este problema da arbitragem, dizia, é um problema gravíssimo que o apodrecido e, sob muitos aspectos, premeditadamente impotente sistema jurídico e legal nacional não esteve à altura de solucionar quando pôde---e devia!
Eu não tenho ilusões: os "apitos dourados" punindo os Gondomares e os Vizelas e deixando escandalosamente impunes os tubarões que, no fundo, os manipulam e deles obscenamente se servem apenas serviu para encorajar ulteriormente a pouca vergonha, segura agora de que NADA lhe pode realmente acontecer.
Eu acho, todavia, que, no caso do Benfica, há uma arma poderosíssima que é a televisão, a BENFICA TV, que tem de desempenhar um papel fulcral e determinante na denúncia da corrupção e na exposição dos seus mentores e agentes.
O Clube tem agora acesso directo à divulgação das poucas vergonhas e dispõe, assim, de uma arma que nem os "Andróides" nem quem vigia quando eles vão... às uvas (e que, desse modo, são tão ladrões como eles: os "sapos do viaduto") sonham sequer em poder dispor.
Há, pois, que usá-la estratégica, cirurgicamente.
Mas, permito-me dizer, não para "brincar" às estatisticazinhas e fazer um alarido completamente injustificado (para não dizer ridículo...) em torno "magnas questões" como a de saber se o jornal regista (e porquê) apenas "x" campeonatos ganhos pelo Benfica quando toda a gente sabe que foram "y"...
ISSO é folclore!
A missão da BENFICA TV (genericamente uma excelente emissora) tem de ser outra, a tal que atrás refiro de pôr "os nomes aos bois" ou seja expor os corruptos que querem sempre jogar com catorze...
E a gente (como o Obama...) PODE!
YES, WE CAN!

Anónimo disse...

Sinceramente, devia haver camâras no futebol...