sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Clássico Lisboeta em horário decente


Data - 17 Jan 09 - Sábado
Hora - 16h

Preço dos bilhetes
Sócios - 5€
Público - 10€
Preços únicos

Vamos mostrar porque é que queremos os jogos à tarde. É o horário nobre do futebol, é um horário familiar e excelente para quem vem de outros pontos do país. Compareçam ao jogo.
Que saudosas tardes a ver a bola rolar na Luz. O meu pai, eu e uns quantos amigos lá da rua, os que coubessem na carrinha. O Miguel do Mariano, o Espinha, o Saladas, o Bruno, o Mancha, o Mosca, etc. Era a romaria à Luz. Por vezes, quando o meu pai não ia, lá nos fazíamos ao caminho... a pé. Levávamos uma bola de futebol e escondíamo-la numas ervas junto ao campo de treinos nº2. Objectivo? Nos finais dos jogos, e como putos irrequietos, apenas queríamos dar uns toques e sujar as calças de relva no campo onde os nossos ídolos treinavam diariamente. Como o fazíamos? Saltávamos a vedação, atravessávamos a pista tartan e ficávamos no campo até vir algum funcionário do clube que nos expulsasse. Coisas de miúdos. Não estragávamos nada, não éramos mal educados para ninguém, simplesmente sentíamo-nos bem ali, a jogar à bola, com a Catedral a "olhar para nós".
-Eu sou o Carlos Manuel.
-Ei, ei, o Carlos Manuel sou eu!
-Ok, eu sou o Diamantino.
-Eu sou o Magnusson.
-E eu o Rui Águas.
-Quem é que vai à baliza?
-Posso ser eu. Sou o Silvino.
E lá ficávamos nós a jogar ao molha-ao-bico, até aparecer o tal funcionário aos berros. Depois, depois vínhamos para casa satisfeitos da vida, e ainda era de dia.
PS: Parece-me que os pastéis (tripeiros de Lisboa), vão correr bastante neste jogo. Terão recebido algum incentivo com a compra do passe do rolando? Façam as contas! http://oantitripa.blogspot.com/2009/01/negcios-azuis.html

5 comentários:

Maestro disse...

Excelente post.
Gostava de ter memorias dessas mas infelizmente não tenho.
A antiga Luz só a conheci uma vez.

Á nova já lá fui muitas vezes e estarei lá no proximo sabado para apoiar o meu glorioso.

Um abraço Benfiquista

Fernando disse...

Lembro-me bem desse cachecol, amigo

abraço

F.

Sou de um Clube Lutador disse...

Eterno amigo F., é um enorme prazer ver-te por aqui. Pois claro que te deves lembrar do cachecol, era o companheiro dos jogos. Houve outros que foram trocados, nomeadamente com os Irlandeses, mas este fica para sempre.
Por falar em relíquias, quando tiveres disponibilidade envia-me uma foto para o mail do blog, da camisola que tu tens, do Shéu. Queria fazer um post sobre ele e assim juntando essa peça maravilhosa, teria mais valor.
Lembras-te quando íamos sempre para a porta 7 com o cartão de jogador? E daquela vez que não nos deixaram entrar e um simpático senhor ofereceu-nos convites mesmo à frente do bilheteiro? E da final da taça de portugal com o boavista em que comprámos bilhetes e depois eu não fui porque tive que ir ajudar o meu na loja? Claro que ainda tenho esse bilhete intacto. E daquela vez que saímos dos treinos apnhámos o metro e fomos a correr para a Luz, porque abriam as portas 15 min antes do jogo acabar e ainda vimos um bocadinho do jogo contra o Arsenal?

As coisas boas ficam para sempre.

Fortes abraços Grande Amigo.

O Cigarrilha disse...

horário decente com preços dos bilhetes decentes!

Saúde

Anónimo disse...

Bons tempos, amigo SR.

E nós que estivemos até à última para ver se íamos ou não ao treino... mas já tínhamos faltado por causa de um jogo da selecção (penso que frente à Holanda, via TV) e não podíamos faltar mais, pois viam-nos como exemplos...

E quando vimos aquele SLB-FCP ao lado da mãe do Rui Costa a dar-nos amendoins, ali precisamente no local da porta 7?

E aqueles cânticos que iniciámos no SLB-Beira-Mar na última jornada 90/91, na disputa entre o Rui Águas e o Domingos para melhor marcador?
Pequenos momentos de conquista da nossa parte, miúdos, sem sabermos o que iria ser o futuro...

grande abraço

S.V.