segunda-feira, 6 de abril de 2009

1 nougat 0,40€, 3 a 1€

- Meninas dos pom-pons levam molha dos regadores durante a sua actuação...
- Início de jogo atrasado por problemas com a rede do topo Sul...
- Penalti - Golo de Tacuara (5min)...
- Penalti - Golo de Tacuara...
- Penalti - Golo do Estrela...
- 1º remate do Benfica À BALIZA - Tacuara...
- Intervalo...
- Polícia aconselha uma senhora com um cachecol azul a mudar de bancada...
O Benfica sem nenhuma oportunidade de golo, a atacar de forma muito básica e deficiente... estava em vantagem.
- Segundos 45 min... penosos...
- Rapazes da Luz cantam para que os nossos jogadores joguem à bola...
- Carlos Martins entra aos 78min...
- 1º e ÚNICO canto para o SLB...
- 2º remate do Benfica À BALIZA - Di Maria...
- Quim em bom plano...
- Final do jogo e saída do estádio sem ânimo nenhum.
Carlos Martins mexeu com a equipa e era visível e audível ele a incentivar os colegas.

Não percebi quem é que não treinou durante a semana.
Não percebi quem é que anda descontente com os ordenados.
É muita monotonia, não há desequilíbrios, não há cruzamentos, não há remates, não há foras-de-jogo e defendemos um resultado como se fossemos uma equipa medíocre.
Não sabemos construir um ataque, não ganhamos cantos, não temos entusiasmo e fazemos muitas faltas, o que por norma deveria ser o contrário. Os adversários é que nos deveriam travar em falta e não nós.
Não meus amigos, assim não. É pouco, muito pouco.
Tive pena de não levar um cobertor para o estádio, porque assim como o tempo, o jogo também foi frio.
A única coisa a que achei piada nesta noite, foi um polícia a perguntar, na brincadeira (aquando da revista), a um senhor de idade, se tinha droga com ele e este meio assustado, meio sorriso amarelo lá respondeu "nem posso ouvir falar nisso".
Excitante, hã?
É certo que ganhámos... mas sem brio nenhum.

12 comentários:

Patrícia disse...

Grande post!!

Não é preciso dizer mais nada..

Beijinhos

Mimo Azul disse...

ás vezes os estádio é mesmo muito frio... e com a equipa assim... :(

Onde anda a chama? a alegria? o interesse?

Raiosssssssss!!! até tiram a vontade a um adepto!!!
bjcaaaaaa

Carlos Machado Acabado disse...

Pois...
Chegou a altura de passar das palavras aos actos!
Falar, já nem vale a pena: para quê? Para repetir, uma e outra e outra vez, aquilo que UMA ÚNICA PESSOA em Portugal parece não ver: que a equipa de futebol joga cada vez pior (se é que é possível...) ou que começa a tornar-se um verdadeiro hábito (perversíssimo hábito, aliás!) associar Benfica e vitórias "esquisitas", polémicas, duvidosíssimas, daquelas que, enfim, deixam sempre um travo amargo na boca e que, no fundo, não servem para mais nada senão para prolongar equívocos e adiar o inevitável.
O treinador diz que o Benfica "fez melhor" do que no ano passado?
Soa a anedota mal contada...
Como aquela do indivíduo que morreu "um bocadinho menos" do que outro e coisas assim...
No dia do jogo, por mero acaso, estive a ver no Canal Benfica, a equipa de juvenis jogar contra o União de Leiria.
E fiquei estarrecido!
AQUILO é futebol!
AQUILO é espírito de luta, esclarecimento, lucidez, qualidade, coesão, fio de jogo, intenção, classe, trabalho, equipa a ser EFECTIVAMENTE feita!
Como é possível que, a outro nível, o Clube jogue (ou NÃO jogue) como na Luz contra o Guimarães ou, ontem, na Reboleira??!!
Como, afinal, durante TODA a época, com a possível excepção do jogo de Nápoles e de uns quantos minutos seguidos no jogo contra o Marítimo?
Faço uma sugestão: o treinador costuma, ao que parece, convocar regularmente alguns "miúdos" para os treinos dos "grandes" a fim de aprenderem com estes.
Ora, já que no futebol do Clube tudo parece estar exactamente ao contrário daquilo que devia NATURALMENTE ser, por que não passar a convocar antes dois ou três "grandes" para os treinos dos "miúdos" a fim de aprenderem alguma coisa com eles?...
E já agora, rapaziada... quando forem, levem a equipa dita técnica convosco para a lição, está bem?...
Não se esqueçam!

bruno disse...

ganhamos foi o mais importante faltou alguma tesao mas nao tem faltado sempre???!!!! o problema nao e de dinheiro nem de fisico e de motivaçao o treinador tem de motivar os jogadores mas o jogador tb tem de saber motivar se a si mesmo de resto.......kero ver se nao aparece uma lesao fantasma no andre coelho na semana ke jogam com os porcos

Maestro disse...

ehehehehehe
A mim não me fizeram perguntas dessas...

Abraço Benfiquista

djeiti disse...

Foi muito mau o jogo mas ao contrário do que nA Bola e no JOGO (tambem no Jogo vem a dizer o mesmo), mesmo com uma partida sem história e exibição fraquíssima de ambas as equipas, nunca se ouviram assobios nem os adeptos do Benfica gritaram vez nenhuma em coro "Joguem à bola, joguem à bola"!!!
É ridículo esta afirmação e só demonstra que provavelmente nem se tenham deslocado ao estádio da Reboleira para fazer a reportagem em condições!
Os cânticos que (com melodia semelhante a essa do “joguem à bola”) diversas vezes a claque dos NN entoou fazia referencia isso sim à actual situação salarial dos jogadores do Estrela, brincando com a situação e gritando: “Paguem aos homens, allez allez, paguem aos homens!”
Mas a claque dos “rapazes da luz sem nome”, no meio da qual estive a assistir à partida, como o jogo não era grande espectáculo, pago o bilhete e face ao grande frio que se fazia sentir, divertiu-se essencialmente a gozar com o guarda-redes do Estrela, cantando (mais uma vez com melodia semelhante a essa do “joguem à bola”):
“Não paguem ao Nélson, paguem a todos menos ao Nélson, Não paguem ao Nélson, allez allez, não paguem ao Nélson”
E ainda a melhor de todas:
“Nélson, otário…tu não recebes o salário...Nélson, otário…tu não recebes o salário!!!!”
PS - No final o apoio dado aos jogadores do Estrela tambem nao mereceu qq mençao dos jornaleiros...isso sim é vergonhoso!

Anónimo disse...

Grande coerência, e o penaltie oferecido?

Jotas disse...

Sou um defensor da continuidade de projectos, já defendi várias vezes, que o Benfica deve manter o núcleo duro da equipa, com 3 ou 4 reforços que entrem de cara na equipa e mesmo treinador, mas a verdade é que alguém tem de fazer ver a Quique, que treina o Benfica e que este, em circunstância alguma, pode dizer que o 3º lugar, pode nem ser mau, noutros tempos, um treinador que tivesse tal afirmação, já nem sequer entrava mais no Estádio da Luz e a verdade é que esta equipa que tinha tudo para crescer e evoluir ao longo da temporada, apresentou na maioria das vezes, um futebol pouco mais que sofrível. Há que reflectir.

@rucci disse...

no mundo inteiro raras vezes são campeões aqueles que melhor jogam e mais merecem.
cá por mim, interessam-me os 3 pontos. o sofrimento termina com o fim do jogo desde que a vitória me pertença.
se no próximo jogo a vitória do benfica se dever a um qualquer auto golo, melhor ainda.
o benfica foi atropelado pela arbitragem e "prémios" esquisitos aos jogadores adversários, que não deixaram concentrar a equipa.
se queremos ter equipa, antes de escolher o treinador é melhor que se escolha uma direcção que saiba mexer-se nos corredores, o que continua a não acontecer e por isso é escusado culpar os jogadores e corpo técnico.
força benfica!.

Pulha Garcia disse...

Não podia estar mais de acordo.

Saudações de glória

am disse...

Caro amigo
Dói-me imenso ver o Benfica jogar assim. Não fomos equipa, não tivemos organização, não conseguimos efectuar 4,5 passes seguidos, falta acutilância, faltam ideias. Dá muito que pensar.
Alguma coisa tem de ser feita. Aguardam-se respostas e decisões.
..

Carlos Machado Acabado disse...

O que me deixa estarrecido e confuso é ler coisas como aquela que o "Record" de hoje trazia sobre o excelente aproveitamento dos lances de bola parada no Benfica: cerca quarenta (QUARENTA!) por cento, mais, portanto, do que os "outros" dois.
O que isto quer dizer (lido em articulação com a pequena crónica do Octávio Ribeiro, na última página) é que
1. o Clube tem evidente 'laboratório';
2. Marca quase tanto "a partir do" 'laboratório' como noutro tipo de jogadas em que o jogador está (como dizer?) 'entregue a si próprio' no sentido exacto em que, perante uma situação nova, espontânea, surgida de repente, tem de fazer opções de forma não só autonóma como também rapidamente e em que a parte subjectiva da sua estrutura de personalidade (o medo de errar, a in/segurança) desempenham, por isso, um papel contextualmente maior.
A mim, parece-me que de facto (e o Ribeiro pensa o mesmo) os jogadores do Benfica têm medo de falhar, não estão confiantes, preferem não fazer as tais opções diante de situações surgidas espontaneamente diante de si.
O que me conduz a uma terceira conclusão:
3. não há verdadeira sintonia entre eles e o técnico e, por isso, da relação entre eles não brotam sinergias capazes de se converterem naturalmente em "jogo jogado".
Aliás, para além das deficiências de ordem estritamente técnica e táctica (que são óbvias!) eu creio que o 'Quique' Flores (como, por exemplo, o Fernando Santos) não tem aptidão natural para fazer os jogadores (assim como o próprio público, aliás!) empolgarem-se e transcenderem-se, cada um deles à sua maneira.
Por muito que me custe, os demagogos primários como o Scolari e, antes dele, o Oliveira do Porto, por exemplo, estão, em tese, muito mais vocacionados para treinadores do que os 'tipos' muito 'certinhos' no exacto sentido em que a componente subjectiva que eles são naturalmente capazes de activar constitui um elemento absoltamente essencial da "forma" e do espírito do jogador.