domingo, 24 de maio de 2009

Água sem gás

Para terminar o campeonato os pastéis foram acompanhados com 3 garrafas de água Vitalis.
O que falar do jogo?
Valerá a pena dizer que o Moreira na 2ª parte quase não tocou na bola?
Que o Urreta jogou bem?
Que o Tacuara marcou um golo de cabeça de grande efeito?

Que o Fellipe Bastos entrou bem no jogo e fez um golaço?

Que o Mantorras é a alegria do pessoal, mas que está a tapar o lugar a Nelson Oliveira, por exemplo?

Que Quique Flores se despediu já como um acto confirmado de saída?

Que mesmo sendo o último jogo do campeonato e não estando nada em jogo para Nós, estavam 30.972 espectadores?
Desculpem, estava muito em jogo. O prestígio e isso é o suficiente para ir ver o Benfica.

Valerá a pena falar de como a Equipa jogou? Agora não valerá de nada!
Esta época terminou e a próxima já está a ser preparada… mal preparada.
A começar pela não clarificação do assunto Quique, passando por Jesus e acabando nas contratações efectuadas com o aval de quem?
Se for de Quique, tudo bem! (Mas duvido)
Se for do Jesus, tudo bem, mas péssima atitude.
Se for da Direcção, tudo mal! E se não encaixarem no que o (novo) treinador vai fazer?
Se for do empresário comissionista, então tudo péssimo. Não meto em causa a qualidade dos reforços, mas sim a maneira de actuação.
O Rui Costa disse que os erros do passado não iriam acontecer!
Não iriam?!?!
O Presidente disse que iriam haver mudanças.
Apressem-se a resolver a situação do treinador e não continuem a fazer contratações.
PS: O bélem vai navegar para outras paragens e é forte candidato a ser campeão da liga de honra. E é uma honra! Qual é o clube que já foi campeão, ganhou taças de Portugal e já ganhou a 2ª liga? Para além dos pastéis, acho que também o clube do xadrez. É um estatuto, um gabarito, hein?

6 comentários:

Jotas disse...

Na minha opinião, o grande erro do Benfica e do Quique, foi não ter apostado num adjunto próximo de si, que conhece-se bem a realidade do clube e do futebol nacional, bem pelo contrário, quer Diamantino, quer Chalana, foram pura e simplesmente ignorados, Trapattoni teve Álvaro Magalhães e se calhar a solução passava por colocar a condição a Quique de continuar mas com Diamantino a seu lado

Gonçalo disse...

Quanto às contratações parece que já estão confirmados um brasileiro (Ramires) e um uruguaio (Alvaro Pereira).Lamentavelmente continua-se a não se apostar no jogador português. Em 1993 houve um jogador do Odivelas chamado Paulo Vida que assinou pelo Benfica mas nunca chegou a jogar,tinha nessa altura 21 anos era do género do Cardoso, era alto, tinha boa presença na área,era bom de cabeça e chutava bem, bom nas bolas paradas, enfim fazia o mais importante no futebol que é marcar golos.Foi emprestado à Académica,ao Aves e depois saíu.Entretanto directores desportivos principescamente bem pagos correram o mundo e descobriram pérolas como o Pringle, o Clovis,o Akwá,Marcelo,Yu Dabao,etc. Eu vi jogar o Paulo Vida e nenhum era melhor que ele. Entretanto deixaram fugir o Jardel e o kirsten porque não sabiam fintar...Para reforços sugiro Antunes,Eliseu,Duda,Fabio Coentrão,Ruben Micael,Tiago Gomes,Fernando Alexandre,Varela e Paulo Regula só para citar alguns.
Mas os adeptos teem que ter com estes jogadores a mesma paciência que tiveram com o Di Maria,o Aimar,o Reyes e o próprio Quique.Nem Camacho nem Trapatoni tiveram tanto apoio quer da imprensa quer dos adeptos.

Petição disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

Anónimo disse...

Se se confirmar na prática a permanência de 'Quique' Flores no Benfica como acabo de ouvir noticiado na RTP1, o Clube passa automaticamente a contar, a partir do preciso momento dessa eventual confirmação, com menos um adepto activo.
Suspendo, de imediato, embora só eu saiba o que me custa fazê-lo após mais de 50 anos ininterruptos como sócio e depois como accionista da SAD e simples adepto, QUALQUER forma, seja ela qual for, de intervenção pública ou privada, compra de artigos de marketing ou de jornais ou revistas, publicação de artigos ou participação em blogs, envolvendo o Clube.
O "meu" Benfica deixou de ter qualquer semelhança com um clube insignificante e acomodado que se revê em medidas de gestão que se limitam a promover a incompetência mais gritante, a mediocridade mais clamorosa e absoluta assim como o mais confrangedor conformismo.
Ponto final.

a) Carlos Machado Acabado

Jotas disse...

O SL Benfica SAD negou esta tarde em comunicado à CMVM a intenção de rescindir contrato com o técnico espanhol Quique Flores.

Carlos Machado Acabado disse...

Pois se assim foi, eu, desde este preciso momento, estou fora!
Volto a dizer: ponto final!