segunda-feira, 1 de março de 2010

Ser do Benfica é um Privilégio - 5

A primeira Equipa fotografada do Sport Lisboa
UM CLUBE DE ALMA IMPETUOSA, IRREQUIETA
Era um grupo de jovens senhores lisboetas que decidiram formar um clube de futebol em 1904 e para tal se reuniram na Farmácia Franco, em Belém.
Cosme Damião estava no centro desses idealistas do pontapé na bola em colectivo. Mas, sem campo, a vida do novel clube tornar-se-ia, rapidamente, uma existência precária. Queriam jogar futebol e tinham os olhos postos nos ingleses e naqueles portugueses que os imitavam de maneira mais organizada. Mas Cosme via o futuro. Queria fazer um clube em cujas veias sangue fervoroso corresse, um clube de alma impetuosa, irrequieta, de resistência, de combate, um clube que se atirasse não só às condições nacionais para vencer mas olhasse para os estrangeiros de igual para igual, para derrotá-los - um clube à sua maneira.
O facto é que o Sport Lisboa não possuía campo e, nessas condições, alguns dos melhores jogadores desertaram. Foram para o sporting, em Maio de 1907. Este era um clube de classe média e alta, que se distinguia do outro lado da cidade. Assim abandonado, o Sport Lisboa morreria, certamente. Mas Cosme Damião reagiu. Com Félix Bermudes lançou-se numa campanha de salvação do seu clube. Para resolver a complicação do campo foi-se para a Feiteira. Em breve o SL ganhava o B da história. De Benfica.
COSME DAMIÃO E FÉLIX BERMUDES
E PLURIBUS UNUM

4 comentários:

Jotas disse...

Parabéns atrasados ao nosso grande e enorme clube. Bonita foto.

Manuel Oliveira disse...

Caro "Sou de um clube lutador", são 106 anos de glória de que poucos clubes no mundo se podem orgulhar de ter.
Aproveito a oportunidade para te solicitar uma entrevista para o Jornal da Gloriosasfera. Se estiveres interessado, entra no meu blog e lá está o meu email.
Abraço.

Dylan disse...

Está de parabéns o maior clube português. Fundado em 28 de Fevereiro de 1904 numa farmácia dos arredores de Belém, o Sport Lisboa e Benfica comemorou recentemente 106 anos. Durante muito tempo foi a bandeira do país, dos emigrantes, do êxodo colonial. Interromperam-se guerras em África para acompanhar os seus jogos porque Eusébio e Coluna cativavam admiradores das duas facções beligerantes. O vermelho arrebatador, de paixão, de homens extraordinários como Manuel Goularde, Cosme Damião, Joaquim Bogalho e Borges Coutinho. O Benfica teve dirigentes perseguidos pela ditadura e o primeiro hino do clube foi alvo de censura. Permanentemente de casa às costas, viu tardiamente o seu estádio ser construído apenas com sacrifício dos sócios, da solidariedade, imagem de marca dos estratos sociais mais humildes e de raízes operárias. O mais popular dos clubes portugueses caracteriza-se pelo ecletismo das suas modalidades. A mística - entranhada na pele de figuras como Carlos Lisboa, António Livramento, Eusébio, Guttman e José Maria Nicolau. Actualmente, o clube do mundo com mais sócios, desperta ódios e invejas, mas ao mesmo tempo consegue ser um expoente de modernidade pois desenvolveu um canal televisivo, uma Fundação, construiu parcerias estratégicas e um estádio novo.

http://dylans.blogs.sapo.pt/

Anónimo disse...

félix bermudes é o simbolo máximo do benfica tanto como a imagem de josé águas a levantar a nossa taça. o zbordem é o clube mais nojonto do mundo (que me desculpe o(s) antitripa(s) qua obviamente apoio, mas se conhecermos a história, os tripeiros sempre foram labregos e corruptos, os lagartos nasceram para tentar nos destruir, o futebol nasceu em portugal (e bem) por gente com dinheiro e ligações a inglaterra; jumentos da linha de cascais jogavam sozinhos. surgiu o nosso grande clube vindo das simples e honradas gentes de lisboa e destruiu as tardes dos fascistas de cascais. apareceu então essa agremiação rastejante como que para por os populares no seu devido lugar, tentaram, compraram metade da nossa gloriosa equipa; os irmãos catatau que estão na nossa primeira acta e eram os importantíssimos também foram, mas nós continuamos com cosme damião e o grande republicano Félix bermudes e fomos ganhando.
Há um ano encontrei o descendente dos irmãos catatau, ainda permanece com ódio ao nosso benfica, se já sabia que o sporting era o clube mais nojento e ressabiado, que produz as pessoas mais nojentas do nosso país país, nessa altura tive a certeza.
João p

peço desculpa pelos erros e mau portguês, a noite já vai longa mas o félix bermudes emociona-me sempre